MARTA TEMIDO QUER UTILIZAR MASSIVAMENTE OS TESTES

Ministra da Saúde explica a necessidade de “utilizar mais massivamente testes” – testes PCR, testes rápidos antigénio e ainda de saliva “que já se encontram também disponíveis”.

Marta Temido afirma que já pediu à Direção-Geral da Saúde para “rever as suas orientações nesta matéria”, de maneira a não restringir a realização de testes aos contactos de risco e “ponderamente ativamente a realização massiva de tetes em setores da atividade económica que neste momento não estão parados”.